terça-feira, 24 de abril de 2018

"A JUSTIÇA AVANÇOU E HOJE CHEGA A TODOS", AFIRMA PRESIDENTE DO TJDFT. Com 36 anos de carreira, desembargador assume hoje a Presidência do TJDFT com uma defesa de postura técnica e transparente.




Nascido na Serra da Borborema, no Rio Grande do Norte, o desembargador Romão Cícero de Oliveira, 70 anos, retirante nordestino, o segundo mais antigo da corte, e apaixonado por livros, assume hoje a Presidência do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) para um o biênio 2018/2020. Para o magistrado, a Justiça avançou e hoje chega a pessoas que, no passado, não eram atingidas.

Discreto, o magistrado defende uma atuação técnica e de portas abertas, com total transparência. Romão chegou a escrever sua despedida para se aposentar e declinou da Presidência há dois anos. Mas voltou atrás pelo momento do país. Há 36 anos no tribunal, o juiz de carreira teve em seu gabinete processos de repercussão, como o crime da 113 Sul, o caso Ana Lídia e a prisão de policiais civis corruptos.