sábado, 27 de janeiro de 2018

EUNÍCIO AFIRMA QUE REFORMA DEVE “TIRAR PRIVILÉGIOS”, NÃO “DIREITOS DOS MAIS POBRES” . Presidente do Senado já garantiu que não pautará a reforma da Previdência caso texto não atenda a esses quesitos.





O presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB) defendeu, na quinta-feira (25), que “reformas devem ser sempre para tirar privilégios, e nunca direito dos mais pobres”. A declaração do senador faz referência à reforma da Previdência, que será votada, na Câmara dos Deputados no dia 1 de fevereiro.
“Não aceito mexer na aposentadoria dos mais pobres nem dos trabalhadores rurais, não aceito!”, completou o senador. Eunício já afirmou, ainda em 2017, que, caso o texto aprovado pelos deputados federais retirem direitos dos mais pobres e mantenham os benefícios do mais ricos, a matéria não será pautada no Senado.