terça-feira, 7 de novembro de 2017

PUBLICADA MEDIDA QUE REDUZ JUROS PARA EMPRÉSTIMOS A APOSENTADOS E PENSIONISTAS.






Foi publicada na edição de ontem (6) do Diário Oficial da União (DOU) uma resolução do Conselho Nacional de Previdência que recomenda ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) a redução de 2,14% para 2,08% do teto máximo de juros cobrados ao mês nas operações de empréstimo consignado para aposentados e pensionistas do INSS. A mesma resolução reduz de 3,06% para 3% ao mês a taxa de juro cobrado nos casos de consignados para operações que visam o pagamento de dívidas com cartão de crédito.
A redução dessas taxas foi aprovada em setembro pelo conselho e dependia de sua publicação para entrar em vigor. Na época, a Previdência Social havia informado que as mudanças foram possíveis graças às quedas observadas na taxa básica de juros (Selic). De acordo com a Previdência, os novos tetos permitem condições mais vantajosas para o acesso ao crédito, possibilitando inclusive a migração de dívidas mais caras, como as de cartão de crédito, para uma modalidade mais barata.
A resolução reduz também o limite da margem consignável para o pagamento de amortização de despesas contraídas por meio de cartão de crédito, de 2 para 1,4 vezes o valor do benefício mensal, o que, segundo a Previdência, permitirá a liquidação do empréstimo em até 72 meses. Com essa medida, o governo pretende impedir um endividamento muito alto, além de diminuir o risco de inadimplência.
O crédito obtido por meio de empréstimos consignados é o de menor custo no mercado. A partir da resolução publicada hoje, o INSS deverá adequar seus sistemas para que se adote as recomendações apresentadas pelo conselho.
Caixa d´água desaba e mata duas crianças em escola do Sergipe.

Duas crianças morreram e outras ficaram feridas na tarde desta segunda-feira (6) em uma escola em Sergipe. A caixa d'água que abastece o povoado caiu sobre uma classe da Escola Professor Osman dos Santos Oliveira, no município de Nossa Senhora das Dores.

A prefeitura da cidade confirmou ao UOL a morte de duas crianças "e muitas outras feridas" depois que "uma caixa-d'água danificada e enferrujada da Deso [Companhia de Saneamento de Sergipe] caiu sobre a escola". A torre de metal, construída ao lado da unidade escolar, abastecia todo o povoado de Campo Grande.

O acidente aconteceu no meio da tarde, durante a hora do recreio, ocasião em que a maioria das crianças brincava no pátio da escola, onde a torre não alcançou.
Por volta das 15h, o Corpo de Bombeiros e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionados. "Toda a cidade está mobilizada", informou a Secretaria de Educação, que não confirma o número de feridos. "Estão sendo levados para dois hospitais da região."

Os pacientes em estado mais grave foram encaminhados para o Hospital de Urgência de Sergipe, em Aracaju. "O prefeito [Tiago de Sousa Santos], que também é médico, está atendendo em uma das unidades."

Procurada pela reportagem, a Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso) disse que lamenta profundamente o acidente e não medirá esforços para atenuar a dor das famílias envolvidas
nessa fatalidade.