terça-feira, 24 de abril de 2018





Na manhã desta terça-feira (17/04), a dentista Delzuite Ribeiro de Macêdo acusada de racismo contra um bebê na cidade de São Raimundo Nonato, foi presa após cumprimento de um mandado de prisão expedido pela polícia. A acusada se encontrava na casa de hospedagem do Sindicato dos Trabalhadores da Educação do Piauí (SINTE-PI), no Centro de Teresina.



O caso de Delzuite Ribeiro de Macêdo ganhou repercussão nacional após a odontóloga escrever comentários racistas em sua rede social e ser indiciada pelo mesmo crime com diferentes vítimas na delegacia da cidade. 

“Foi representada sua prisão provisória, o juiz da comarca a decretou e nós começamos a iniciar diligências na capital tendo em vista que nós tínhamos informações que ela estava escondida em Teresina e obtivemos êxito quando descobrimos que ela estava no hotel do Sinte hospedada já com destino a São Paulo. Hoje por volta de 06h20 nós fomos até o Sinte e demos cumprimento ao mandado de prisão. Ela não resistiu a prisão, mas se mostrou bastante revoltada com a situação”, afirmou o delegado Emir Maia, gerente de policiamento do interior, acrescentando ainda que a acusada será conduzida para a penitenciária feminina após realização de exames de corpo de delito no IML. 

“O crime que ela praticou foi racismo, que define condutas discriminatórias e de ódio. A pena pode  chegar até cinco anos de reclusão e é um crime inafiançável, as pessoas acham que nas redes sociais existe imunidade para postar o que quiser, mas não é a polícia está sempre atenta”, finalizou. 



Relembre o caso

Um caso bastante polêmico tomou conta da população de São Raimundo Nonato (522,8km de Teresina). Uma dentista identificada como Delzuite Ribeiro de Macêdo está sendo acusada de racismo contra um bebê. Segundo a delegada Cynthia Verena, pelo menos oito denúncias de racismo já foram registradas contra a suspeita.

O último B.O registrado foi o da também dentista Thaiane Neves que declarou que sua filha de um mês foi vitima da profissional. 

Como prova, Thaiane Neves salvou publicações de Delzuite no Facebook onde a acusada escreveu: “Mais que doutorinha mais baixa essa hein? Já vi que você saiu da senzala porém a senzala ainda não saiu de você. Aí minhas amigas só me chegam com ‘amiga você viu que noiva feia’, ‘mulher como a filhinha de fulana é feia, você ja viu?’ e eu só respondo, ‘não amiga, não me interesso por gente que nunca chegará ao meu tom de pele’, postou ela no seu Facebook.

"E se não querer misturar meu sangue for 'preconceito', sim sou 'preconceituosa'. Mas abraço e beijo meus amigos de outras cores e coloridos. Mas escolhi a dedo com quem me misturar", mostra outro trecho da postagem ofensiva. 



Ao ser procurada pelo meionorte.com, a dentista Delzuite Ribeiro de Macedo foi enfática ao dizer que tudo não passa de calúnia. Ela informou ainda que vai solicitar um advogado no Conselho Regional de Odontologia do Piauí (CRO-PI) para que sejam tomadas as devidas providências sobre as calúnias e difamações contra ela. 


Por Mayara Dias -  Jornalista
Fonte: meionorte.com
Comentários
0 Comentários

A IMAGEM OU MENSAGEM DO DIA.

A IMAGEM OU MENSAGEM DO DIA.

TV GLOBAL 3

AGROPECUÁRIA PEDRO FELÍCIO

AGROPECUÁRIA PEDRO FELÍCIO

TV Global 3

TV Global 3

AMIL

AMIL

Lançamento

Todos os posts

Tecnologia do Blogger.

Jornal da Educadora 12:00 ás 14:00 Hs.

Jornal da Educadora 12:00 ás 14:00 Hs.
De: Segunda à Sábado de 12:00 às 14:00 Hs.

Seguidores