sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018





A liberação do dinheiro do acordo para compensar as perdas da poupança por causa de planos econômicos será escalonada em 11 lotes, de acordo com a idade dos correntistas.

O cidadão não precisa ir ao banco para receber os valores. O pagamento será feito diretamente na conta-corrente ou por meio de depósito judicial. Os honorários serão pagos diretamente aos advogados.

Para aderir, o poupador deve acessar um sistema eletrônico. Ele precisa comprovar a existência e o saldo da conta de poupança, por meio de cópia dos extratos bancários do período ou da declaração do Imposto de Renda.

O acordo foi assinado em dezembro entre a Advocacia-Geral da União (AGU), representantes de bancos e associações de defesa do consumidor e de poupadores. A decisão encerra processos que se arrastam há mais de 20 anos na Justiça e que tratam de perdas financeiras causadas a poupadores por planos econômicos das décadas de 1980 e 1990.

Têm direito a receber o dinheiro os clientes que ingressaram com ações coletivas e individuais na Justiça pedindo o ressarcimento.

Rádio Agência Nacional
Comentários
0 Comentários

A IMAGEM OU MENSAGEM DO DIA.

A IMAGEM OU MENSAGEM DO DIA.

TV GLOBAL 3

AGROPECUÁRIA PEDRO FELÍCIO

AGROPECUÁRIA PEDRO FELÍCIO

TV Global 3

TV Global 3

AMIL

AMIL

Lançamento

Todos os posts

Tecnologia do Blogger.

Jornal da Educadora 12:00 ás 14:00 Hs.

Jornal da Educadora 12:00 ás 14:00 Hs.
De: Segunda à Sábado de 12:00 às 14:00 Hs.

Seguidores