sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018





Um ônibus com destino à cidade de Olinda saiu do bairro Jardim América com 42 passageiros. Depois de parar três vezes por problemas mecânicos, o motorista teve de interromper a viagem pela 4ª vez nas proximidades do Makro, na BR-116, quando o grupo foi surpreendido e assaltado.  Ao seguir viagem, o ônibus quebrou durante a madrugada na divisa do Ceará com Rio Grande do Norte. Os passageiros esperaram durante algumas horas até receber ajuda de outra empresa de ônibus. 

Assalto
Segundo a passageira Renata Silverio, o acertado era que todos os ônibus saíssem juntos, mas além de partir sozinho, o veículo em questão foi o primeiro a sair do lugar combinado. 

“A gente viu quando os caras desceram do ônibus tranquilamente, (depois do assalto). O ônibus não nos esperou e saiu sem a gente. Peguei uma carona até o posto de gasolina onde o ônibus estava parado”, afirmou Renata. Segundo ela, a polícia foi chamado ao local, mas só apareceu 30 minutos depois. 

“A cidade está insegura, achei estranho o lugar onde o ônibus parou. A gente fica totalmente desconcertada diante de tudo isso”, desabafa a passageira. 

Segundo a organizadora da excursão, Séphora Roses, depois de parar três vezes por problemas técnicos, o ônibus que levava 42 das 300 pessoas pelas quais ela estava responsável, teve de parar uma quarta vez. Quando parou, uma dupla anunciou o assalto e levou os pertences do grupo. De acordo com ela, o prejuízo é de R$ 7mil. 

Ônibus quebrado
De acordo com Séphora, depois do assalto, a empresa Ellegance Locações enviou um micro-ônibus com 22 lugares devido aos problemas mecânicos do carro. “Como vou distribuir 42 pessoas em 22 lugares?”, argumenta Séphora. Segundo ela, a troca de veículo aconteceu na divisa do Ceará e Rio Grande do Norte. 

“Os motoristas reagiram da melhor forma possível, porque eles se transformaram em mecânicos. Até o momento que não resolveram o problema do ônibus”, afirma Marcos Randall, passageiro. Ainda de acordo com ele, os motoristas afirmaram que o veículo havia sido sabotado por mecânicos de outra empresa da qual a Ellegance Locações acabou de se separar.

“Antes de chegar a Olinda, estava me sentindo frustrado. Perdemos um dia, mas o Carnaval superou tudo. É lamentável ”, afirma Randall. 

Danos morais
Ao chegar em Olinda, Séphora não recebeu sua mala e os motoristas do ônibus da empresa Ellegance Locações demoraram para devolver os pertences. “Passei três dias com a mesma roupa. Só recebi minha bagagem no domingo, depois de procurar os motoristas da Ellegance Locações pela cidade de Olinda”, diz a organizadora. Segundo ela, “a empresa Fretar ajudou em todos os momentos constrangedores da viagem, mesmo não sendo responsável pela parte do grupo que teve problemas”.

A responsável pela excursão registrou o Boletim de Ocorrência nesta quinta-feira, 15, contra a empresa, e acionou seu advogado, que deve cuidar do caso de todos os passageiros que desejarem ajuda. 

“Tem dano econômico, à minha imagem, ao meu psicológico e ao dos passageiros. Pessoas desistiram da viagem e elas precisam ser ressarcidas”, alega Séphora, que já está entrando em contato com os passageiros individualmente. A organizadora afirma que o dinheiro para pagar os passageiros não sairá do seu bolso, mas da empresa que não cumpriu com o contrato.

Procurada pelo OPOVO Online, a empresa Ellegance Locações não atendeu as chamadas.

ITALO COSME
Comentários
0 Comentários

A IMAGEM OU MENSAGEM DO DIA.

A IMAGEM OU MENSAGEM DO DIA.

TV GLOBAL 3

AGROPECUÁRIA PEDRO FELÍCIO

AGROPECUÁRIA PEDRO FELÍCIO

TV Global 3

TV Global 3

AMIL

AMIL

Lançamento

Todos os posts

Tecnologia do Blogger.

Jornal da Educadora 12:00 ás 14:00 Hs.

Jornal da Educadora 12:00 ás 14:00 Hs.
De: Segunda à Sábado de 12:00 às 14:00 Hs.

Seguidores